Botafogo-PB convida ídolo Magno para chefiar delegação em nova missão no Maracanã

Ex-meia era o destaque do Belo na histórica vitória de 2 a 1 sobre o Flamengo, no Brasileiro de 1980. Quatro décadas depois, adversário é o Fluminense em jogo decisivo pela Copa do Brasil

A segunda fase da Copa do Brasil está definida para o Botafogo-PB. O Fluminense, que derrotou o Moto Club por 4 a 2, nessa quarta-feira, vai receber o time paraibano na próxima quarta-feira, no Maracanã, às 19h15. O jogo vai ser marcante para o tricampeão da Paraíba, que guarda uma das melhores recordações da sua história naquele palco que já sediou duas finais de Copa do Mundo.

É que no Campeonato Brasileiro de 1980, o Belo derrotou o Flamengo, de Zico, pelo placar de 2 a 1. Naquele dia, um dos destaques botafoguenses foi Magno, meia que é ídolo da equipe. Depois de 40 anos, o ex-jogador foi novamente convocado pelo Alvinegro da Estrela Vermelha, agora para ser chefe de delegação em mais uma empreitada no Maraca.

Repercussão de Flamengo 1 x 2 Botafogo-PB no jornal A União — Foto: Acervo do Jornal A União

Nas redes sociais, o Botafogo-PB confirmou que logo após a classificação do Fluminense sobre o Moto Club, o presidente Sérgio Meira telefonou para Magno Cerqueira. A ideia é homenagear o ídolo no placo onde ele se consagrou diante daquele que viria a ser o grande time da década, conquistando o Mundial no ano seguinte.


O ídolo do Belo, inclusive, já topou e vai seguir viagem com a delegação botafoguense para a partida contra o Fluminense. O embarque para o Rio de Janeiro vai ser realizado na segunda-feira.

O Campeonato Brasileiro de 1980, também conhecido como Taça de Ouro, contou com 44 participantes. Na primeira fase, 40 equipes eram distribuídas em quatro grupos de 10. Ao fim dela, os sete primeiros de cada chave se classificavam para a segunda fase, quando ganhavam a companhia dos quatro primeiros colocados da Taça de Prata. O Botafogo-PB ficou no Grupo C, com Flamengo, Internacional, Santos, Ponte Preta, Ferroviário-CE, Náutico, Itabaibana, Mixto e São Paulo-RS.

Foi no dia 6 de março de 1980, pela primeira fase da competição nacional, que o Flamengo recebeu o Botafogo-PB. Aquele Rubro-Negro foi o mesmo que viria a conquistar a América do Sul e o mundo no ano seguinte e contava com Zico, Júnior, Tita, Adílio e Andrade. Em pleno Maracanã, o Belo conquistou uma de suas principais vitórias na história.

Marcaram pelo time paraibano Soares e Zé Eduardo, que contou com um passe de Magno, o craque botafoguense na época. Pela equipe carioca, Tita foi quem marcou. Aquela vitória fez a capital paraibana parar, celebrando aquele elenco que ficaria marcado como o Matador de Tricampeões, pois também derrotou o Internacional na mesma competição. Tanto os cariocas quanto os gaúchos vinham de um tricampeonato estadual.

Magno (à esquerda), na foto, ao lado de Nicácio, vai chefiar a delegação botafoguense na partida contra o Fluminense, pela Copa do Brasil — Foto: Amauri Aquino/GloboEsporte.com/pb

Naquela edição do Brasileirão, o Flamengo acabou campeão, enquanto o Botafogo-PB, classificado na primeira fase, caiu na segunda, num grupo que contava com Cruzeiro, Fluminense, ambos classificados, e o Sport, que também foi eliminado.

Agora o tricampeão é o Belo

Eis que 40 anos depois, o destino recolocou o Botafogo-PB na rota do Estádio Maracanã. Agora é o Belo quem é o dono de um tricampeonato estadual consecutivo. Do outro lado, o Fluminense não ganha um título importante desde 2012, quando foi campeão carioca. Apesar do jejum, é considerado favorito no confronto contra os paraibanos - como, aliás, era o Flamengo, 40 anos atrás.

Tricampeão estadual, o Botafogo-PB hoje conta com Léo Moura, que jogou 10 anos pelo Flamengo — Foto: Josemar Gonçalves / Botafogo-PB

O Belo vive um grande momento, ainda está invicto na temporada e chega para o jogo da segunda fase da competição nacional com a missão de superar um gigante do futebol brasileiro.

Com a presença de Magno, o Botafogo-PB, de Léo Moura, Rodrigo Andrade, Lohan e companhia esperam fazer história e colocar o clube na terceira fase da Copa do Brasil.

globoesporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.