De virada, Botafogo-PB bate Nacional de Patos em jogo de cinco gols

A segunda rodada do Campeonato Paraibano 2020 foi encerrada com um jogo eletrizante na noite desta quarta-feira (29).

Em partida de cinco gols e uma virada, o Botafogo-PB bateu o Nacional de Patos por 3 a 2, em pleno estádio José Cavalcanti, e permanece dividindo a liderança do Grupo A com Atlético de Cajazeiras e Treze, todos com seis pontos.

A partida começou bastante truncada, com as duas equipes brigando bastante no meio campo, e os dois arqueiros apenas assistindo o jogo.


Empurrado por sua torcida, o time da casa adiantava a marcação e tentava pressionar, mas tinha dificuldade.

Mas em um lance de bola parada, Yuri Silva cobrou falta quase do círculo central com muita força, mas a bola foi no meio do gol e o arqueiro Samuel Pires acabou aceitando, aos 18 minutos, e o Nacional de Patos abriu o placar.

No minuto seguinte, o Naça bateu falta ensaiada, novamente muito longe, e mais uma vez Yuri Silva, sem confiar no goleiro botafoguense, chutou de pé esquerdo e a bola passou muito perto da trave esquerda do time pessoense.

A primeira chegada do Botafogo-PB aconteceu aos 23 minutos, quando Lohan recebeu na meia esquerda, cortou para o meio e chutou firme, de pé direito, obrigando Diego a se esticar todo para resvalar a bola para escanteio.

Depois de cobrança de escanteio, aos 33 minutos, Kelvin aproveitou o rebote na esquerda e cruzou na cabeça de Lohan, que mandou no canto esquerdo de Diego, que só olhou a bola entrar para deixar tudo igual no marcador.

Cinco minutos mais tarde, a virada veio. Fred cobrou falta com muita categoria no travessão de Diego. No rebote, Djavan pegou de primeira, de pé esquerdo, e Mário, oportunista, desviou com o bico da chuteira para tirar as chances de defesa, fazendo 2 a 1 para o Belo.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Botafogo-PB começou a criar perigo logo aos 3 minutos. Após escanteio cobrado pela direita, por Rodrigo Andrade, o zagueiro Fred foi no segundo andar cabeceou livre, mas a bola foi por cima da meta alviverde.

Aos 12, o Nacional teve boa oportunidade em jogada individual de Fábio Neves, que ganhou de Neilson e, da entrada da pequena área, livre, bateu firme, mas chutou tão mal que a bola saiu em arremesso lateral.

Uma das principais contratações do Botafogo-PB na temporada fez sua estreia. Aos 18, Pimentinha entrou em campo no lugar de Cássio Gabriel, e logo criou perigo. Ele recebeu na direita, cortou para o meio e bateu de pé canhoto. A bola passou muito perto do poste direito de Diego.

Após cobrança de escanteio de Du, aos 23 minutos, Ailton Júnior subiu mais que todo mundo para desviar de cabeça e arrancar o suspiro da torcida nacionalina, mas a bola saiu a esquerda do gol de Samuel Pires.

Em contra-ataque muito veloz, aos 31, Mário avançou pela esquerda na quinta marcha e encontrou Pimentinha livre na direita. O atacante teve calma para dominar e tocar na saída do goleiro Diego, no canto direito, e marcou na sua estreia, o terceiro do Botafogo-PB.

Quando parecia estar definido o rumo da partida, aos 36, Glaubinho cruzou da direita, a bola desviou em Luís Gustavo e ficou livre para Júnior Mandacaru, de cabeça, mandar na esquerda, no contrapé de Samuel Pires, para diminuir o placar.

Empolgado, Nacional de Patos foi em busca do empate. Aos 40, Yuri Silva cobrou falta com força, a bola desviou na barreira e desta vez Samuel Pires defendeu e mandou pela linha de fundo.

Com o Canário todo no ataque, o Botafogo-PB tentava se aproveitar dos contra-ataques. Aos 44, Pimentinha recebeu passe excelente de Rodrigo Andrade, driblou o zagueiro para a esquerda e bateu, mas Diego conseguiu defender e a zaga afastou o perigo.

A vitória deixa o Botafogo-PB com 6 pontos, na liderança partilhada do Grupo A juntamente com Atlético de Cajazeiras e Treze. Pela terceira rodada do estadual, o Belo enfrenta o Campinense apenas dia 19. No próximo sábado (01), o time enfrenta o Confiança-SE, pela Copa do Nordeste.

O Nacional de Patos segue sem pontuar na competição, e no domingo (02) recebe o Sport Lagoa Seca, novamente no José Cavalcanti.

Foto: Voz da Torcida

Paraibaonline

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.