Michelle Ramalho sente evolução no nível de debate entre os dirigentes do futebol paraibano

Presidenta da Federação Paraibana de Futebol destaca a maturidade dos presidentes dos clubes que vão disputar o estadual de 2020 no Conselho Arbitral que definiu o formato da competição

O Campeonato Paraibano já tem fórmula de disputa para a edição 2020. E foi necessário apenas uma reunião da Federação Paraibana de Futebol (FPF) com os representantes dos 10 clubes que vão lutar pelo título estadual no ano que vem. Por causa disso, após o encontro da última terça-feira, a presidenta da FPF, Michelle Ramalho, destacou a evolução no nível de debate entre os dirigentes. Segundo a mandatária, isso é uma conquista importante para que o futebol do estado colha bons frutos nos próximos anos.

Com um bom diálogo entre clubes e federação, Michelle Ramalho acredita que futebol paraibano está em plena evolução — Foto: Raniery Soares / FPF-PB

Michelle Ramalho foi eleita presidenta da FPF no segundo semestre do ano passado. Esse foi o segundo Conselho Técnico da 1ª divisão da Paraíba que a dirigente promoveu. Ela garante que do ano passado para cá, é possível enxergar maturidade em chegar num consenso e também nas propostas apresentadas durante a reunião.

- O nível das nossas discussões está cada vez mais alto, o que mostra o amadurecimento que o futebol paraibano tem conquistado nos últimos tempos. Os dirigentes trouxeram as suas opiniões, a Federação mostrou alguns pontos e juntos construímos o Paraibano 2020, que para todos já começou. Este foi o meu segundo arbitral como presidente e consigo ver esta evolução no debate, nas propostas e principalmente no que cada dirigente espera da nossa gestão - disse Michelle.

Michelle Ramalho e Otamar Almeida, presidenta e diretor executivo da FPF — Foto: Vitor Oliveira / GloboEsporte.com

Apesar das propostas apresentadas, o Campeonato Paraibano de 2020 vai ter a mesma fórmula utilizada na competição deste ano. Ou seja, os 10 clubes são distribuídos em dois grupos de cinco times, com as equipes de uma chave enfrentando as equipes da outra em partidas de ida e volta.

Após a primeira fase, duas equipes de cada grupo avançam para as semifinais, que serão disputadas em partidas de ida e volta. O cruzamento é dentro do grupo. Os dois melhores times do primeiro mata-mata decidem o título em jogos de ida e volta.

Presidenta da FPF entrega o troféu ao Sport Lagoa Seca, campeão paraibano da 2ª divisão — Foto: Raniery Soares / FPF-PB

Dessa maneira, a competição terá 14 datas e tem início previsto para o dia 19 de janeiro. Serão dez datas na primeira fase e quatro para as semifinais e finais. O Grupo A será formado por Botafogo-PB, Treze, Atlético de Cajazeiras, Perilima e Sport-PB. O Grupo B terá Campinense, Sousa, Nacional de Patos, CSP e São Paulo Crystal. O pior time de cada chave será rebaixado.

globoesporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.