Botafogo-PB dá sinal positivo, e meia Juninho deve ser o próximo a ter o contrato renovado

Meia é um dos homens de confiança do técnico Evaristo Piza e deve emplacar 2020 vestindo novamente a camisa botafoguense; futuro de Saulo e Marcos Aurélio segue indefinido

O Botafogo-PB está próximo de anunciar mais um "reforço" para a próxima temporada. É que o meia Juninho deve ser mais um atleta a ter o seu contrato renovado com o Alvinegro da Estrela Vermelha. De acordo com o presidente Sérgio Meira, a negociação está sendo finalizada e a expectativa é que o jogador, um dos homens de confiança do técnico Evaristo Piza, tenha o seu vínculo estendido para 2020.

Juninho é um dos homens de confiança de Evaristo Piza e deve emplacar 2020 no Belo — Foto: Paulo Cavalcanti / Botafogo-PB

Aos 33 anos, Juninho está na sua terceira passagem pelo Botafogo-PB. A primeira delas foi em 2009, quando veio por empréstimo junto ao Sport. Em 2018, já com Evaristo Piza no comando, o meia retornou. Na ocasião, ele era sempre utilizado pelo treinador, sendo uma espécie de 12º jogador. Inclusive, marcou o gol que por muito pouco não colocou o Belo na Série B do Campeonato Brasileiro. Foi o da vitória sobre o Botafogo-SP, no Almeidão, na partida de ida pelo mata-mata do acesso. O problema é que, na semana seguinte, o time de Ribeirão Preto foi quem saiu vitorioso, também pelo placar de 1 a 0, o que levou a disputa para os pênaltis, vencida pelos paulistas.

Após aquela partida, Juninho não permaneceu no Belo, retornando para o Novo Hamburgo, onde jogou durante uma parte do primeiro semestre de 2019. No fim de março, o Botafogo-PB repatriou o jogador, que chegou para a disputa da reta final da Copa do Nordeste e também para tentar novamente o acesso na Série C do Brasileiro. E em 19 partidas, o meia marcou uma vez, assim como em 2018, só que foi um tento para lá de importante.

Juninho marcou o gol que colocou o Botafogo-PB pela primeira vez na final da Copa do Nordeste — Foto: Cisco Nobre / GloboEsporte.com

Na semifinal do Nordestão, contra o Náutico, Juninho marcou o gol da vitória por 2 a 1 nos minutos finais daquele confronto. O resultado levou o Belo pela primeira vez à decisão da competição. No entanto, contra o Fortaleza, na grande final, o Botafogo-PB acabou terminando como vice.

Durante a Série C, Juninho participou de 15 das 18 partidas que o clube disputou no Grupo A, encerrando a temporada em alta com o técnico Evaristo Piza, fato fundamental para que o vínculo seja renovado para o ano que vem.

Saulo e Marcos Aurélio em compasso de espera

Enquanto Juninho está próximo da renovação, outros medalhões do elenco botafoguense nesta temporada ainda estão com o futuro indefinido. São os casos do goleiro Saulo e do meia Marcos Aurélio. A expectativa é que ales também renovem os seus contratos, mas, até o momento, a diretoria ainda não deu um sinal positivo para os desfechos das negociações com o camisa 1 e o capitão botafoguense.

Mesmo sem uma definição, Saulo também deve ter o contrato renovado com o Botafogo-PB — Foto: Cisco Nobre / GloboEsporte.com

Até aqui, além de Evaristo Piza, 11 jogadores também têm suas permanências garantidas no Botafogo-PB para a próxima temporada: o goleiro Rhuan, os laterais-direitos Neilson e Israel, os zagueiros Donato e Fred, o volante Rogério, os meias Marcos Vinicius, Erivelton e Enercino, os atacantes Hiago e Kelvin. Clayton, que chegou a ser cotado como remanescente para 2020, acabou sendo vendido para o São Caetano.

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.