Botafogo-PB confirma o nome de Ariano Wanderley como o novo vice-presidente de futebol

Cargo estava disponível desde o mês de junho, quando Adir Leme se desligou do clube. Novo dirigente já vem desempenhando a função e vai liderar a montagem do time para 2020

O Botafogo-PB tem um novo vice-presidente de futebol. Trata-se de Ariano Wanderley, que volta ao clube para reassumir o cargo que ocupou até o ano de 2014, quando foi embora para comandar uma Junta Administrativa na Federação Paraibana de Futebol (FPF) após a Justiça determinar o afastamento de Rosilene Gomes da presidência da entidade. De volta ao Belo, o dirigente já vinha trabalhando visando a temporada 2020 e assume oficialmente a função que está vaga desde o mês de junho, quando Adir Leme deixou o clube.

Ariano Wanderley está de volta ao Botafogo-PB — Foto: Renata Vasconcellos / GloboEsporte.com

Em contato com a reportagem, o próprio Ariano Wanderley confirmou o acordo e garantiu que já está atuando na montagem do elenco para a próxima temporada. Por sinal, o Botafogo-PB já conta com pelo menos 16 nomes para o ano de 2020: o goleiro Rhuan; os zagueiros Luís Gustavo, Donato e Fred; os laterais-direitos Neilson e Israel; o lateral-esquerdo Mário Sérgio; os volantes Wellington Cézar, Rogério e Éverton Heleno; o meia Erivélton; e os atacantes Kelvin, Dico, Hiago e Lohan. O plantel vai ter novamente Evaristo Piza como treinador.

- As expectativas são as melhores possíveis. Estamos pegando o time com uma boa base e vamos trabalhar muito para conseguir os objetivos - comentou Ariano.

O fato é que o Botafogo-PB tenta reorganizar o departamento de futebol, que enfrenta uma série de divergências, como adiantou o GloboEsporte.com. Isso porque o cargo de vice-presidente de futebol tem passado por constantes mudanças. Atualmente, Breno Morais, dirigente que detinha muita influência em todas as área do clube, está afastado pela Justiça em decorrência da Operação Cartola, que investigou crimes de corrupção e manipulação de resultados.

Sem Breno poder assumir qualquer cargo no clube em 2019, o cargo foi ocupado por Adir Leme, dirigente com experiência pelo futebol do interior de São Paulo. No entanto, em junho, ele deixou o Belo, alegando que precisava estar mais presente no seu estado para cuidar dos negócios pessoais. Desde então, a função de vice-presidente de futebol estava disponível.

Com isso, o presidente Sérgio Meira desejava um homem de confiança para dar sequência ao seu mandato, que vai até o fim de 2020. E Ariano Wanderley já se encaixava nesse perfil, cumprindo com o desejo do mandatário alvinegro.

Ariano Wanderley e Coriolano Coutinho concorreram aos cargos de vice e presidente, respectivamente, da FPFem 2014 — Foto: Pedro Alves / GloboEsporte.com/pb

No ano passado, Sérgio Meira foi alçado a concorrer à presidência do Botafogo-PB após vários dirigentes terem sido afastados pela Justiça em decorrência da Operação Cartola. Como um deles foi Breno Morais, que naquela ocasião era o vice de futebol do Belo e detinha muita influência em todas as área do clube, o cargo ficou vago.

Ariano Wanderley trabalhou como vice-presidente de futebol do Botafogo-PB na gestão de Nelson Lira. Na ocasião, deixou o comando no ano de 2014, quando passou a atuar como interventor numa Junta Administrativa que comandou a FPF após o afastamento de Rosilene Gomes pela Justiça.

Ariano Wanderley retorna ao cargo de vice-presidente de futebol do Botafogo-PB — Foto: Divulgação / Aguinaldo Mota - ALPB

Posteriormente, Ariano foi candidato ao cargo de vice-presidente da entidade maior do futebol da Paraíba, na chapa encabeçada por Coriolano Coutinho, no mesmo ano de 2014. No entanto, os vencedores daquele pleito foram Amadeu Rodrigues e Nosman Barreiro, que contaram com o apoio de Rosilene Gomes.

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.