Treze empata com o Botafogo-PB, fica na Série C e evita classificação do rival


Em um jogo eletrizante, Treze e Botafogo-PB empataram por 2 a 2 na décima oitava e última rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem precisar vencer, uma vez que o Globo-RN perdeu para o ABC-RN, o Galo, que ainda desperdiçou um pênalti, ficou na frente do placar por duas vezes, mas o Belo foi buscar o empate e ficou a um gol apenas de se classificar para o mata-mata.

- Continua depois da publicidade -

Logo aos 5 minutos, após cobrança de lateral na área, Juninho derrubou Breno Calixto na área e Leandro Vuaden marcou pênalti. Na cobrança, Eduardo mandou no canto esquerdo de Saulo, que foi na bola e fez a defesa para evitar que o placar fosse aberto.

A resposta botafoguense veio aos 11 minutos, quando após cruzamento de Marcos Aurélio, Lula desviou na primeira trave e Paulo Wanzeler foi buscar em cima da linha.

- Continua depois da publicidade -

No contra-ataque, Dija Baiano foi lançado em velocidade, invadiu a área e foi puxado por Neilson. Novo pênalti para o Galo foi marcado. Desta vez Eduardo bateu de cavadinha, no meio do gol, e abriu o marcador, fazendo a festa da torcida trezeana.

Em uma cobrança de falta, Marcos Aurélio assustou pela primeira vez aos 17 minutos. O camisa 10 mandou a bola no ângulo direito de Paulo Wanzeler, que foi buscar. Na sequência, a bola foi cruzada da esquerda e Clayton pegou de primeira, de canhota, e mandou na trave esquerda do Galo.

- Continua depois da publicidade -

Com mais volume de jogo, mas sem criar tantas oportunidades, o Botafogo-PB achou o gol de empate aos 31 minutos. Clayton recebeu na esquerda, tocou para Rogério, que apareceu na meia esquerda, dominou e encheu o pé. A bola bateu no travessão, nas costas do arqueiro alvinegro, e entrou.

Se o Belo contou com a sorte, o Galo também. Aos 36, Dija Baiano se enrolou todo na entrada da área e tocou para trás. Júlio Pacato bateu de esquerda, despretensiosamente, mas a bola desviou em Donato, enganou Saulo e morreu no fundo do da rede, o segundo do Treze no jogo.

- Continua depois da publicidade -

A partida era muito nervosa, e o time pessoense teve boa chance de deixar tudo igual aos 45. Em boa trama pela direita, Neilson encontrou Dico, que passou para Erivélton. O meia cruzou para a área, Nando ajeitou para trás e Marcos Aurélio bateu de canhota, mas a bola foi a esquerda da meta do Treze.

Segundo tempo

A segunda etapa começou a todo vapor e logo no primeiro minuto saiu o empate. Enercino avançou em velocidade pela esquerda e passou para o meio da área, onde Nando apareceu entre os zagueiros para empurrar para as redes e deixar tudo igual.

- Continua depois da publicidade -

Três minutos mais tarde o Treze respondeu em jogadaça de Silva pela esquerda. Ele passou por Neilson, invadiu a área e bateu cruzado de canhota. A pelota passou por todo mundo e encontrou Marcelinho Paraíba na direita, que bateu firme de canhota, e tirou tinta do poste direito da meta de Saulo.

Aos 10 pintou a oportunidade da virada do Belo. Dico tabelou com Elvinho, passou por Adriano Alves, invadiu a área e bateu de esquerda, mas Paulo Wanzeler tocou com a ponta dos dedos e mandou a bola para escanteio.

- Continua depois da publicidade -

A partida era de pura tensão, e grandes personagens começavam a aparecer. Aos 28, Bismarck cobrou escanteio da direita, Ítalo cabeceou firme, no chão, mas Saulo operou um milagre e foi buscar a bola, evitando o terceiro do Treze.

Precisando de um gol para virar o jogo e se classificar, o Botafogo-PB tentava pressionar. Aos 35, Neilson cobrou falta da direita e o pequenino Enercino subiu mais que todo mundo para cabecear, e a bola passou rente a trave direita do arqueiro alvinegro.

- Continua depois da publicidade -

Aos 42, em cobrança de falta do lado direito da entrada da área, Enercino bateu firme e Paulo Wanzeler defendeu com dificuldades e a defesa afastou o perigo.

Com o empate por 2 a 2, o Treze ficou na oitava colocação e permanece na Série C em 2020. Já o Botafogo-PB terminou na sexta colocação e não foi dessa vez que realizou o sonho do acesso.

Ficha técnica

Treze 2 x 2 Botafogo-PB

Campeonato Brasileiro da Série C (Grupo A – 18ª rodada)
Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: Leandro Vuaden; Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza

Cartões amarelos: Silva, Robson, Júlio Pacato (T); Neilson, Dico, Lula, Nando (B)
Gols: Eduardo, Júlio Pacato (T); Rogério, Nando (B)

Treze: Paulo Wanzeler, Adriano Alves, Breno Calixto, Ítalo; Thiaguinho, Robson (Elielton), Júlio Pacato, Marcelinho Paraíba (Bismarck), Silva; Dija Baiano (Cesinha) e Eduardo. Técnico: Celso Teixeira.

Botafogo-PB: Saulo, Neilson, Donato, Lula, Enercino; Rogério, Juninho (Erivélton), Clayton (Elvinho), Marcos Aurélio (Kelvin); Dico e Nando. Técnico: Evaristo Piza.

Leia mais notícias em: almiresportes
Nossas redes sociais, sigam: Facebook, Twitter
Nossos grupos do whatsapp: 01, 02

Fonte: Voz da Torcida

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.