Técnico reconhece erros e diz que Treze precisa melhorar para se manter na Série C

Kleber Romero avalia que time cometeu erros que custaram o resultado na partida contra o Sampaio Corrêa e quer melhorar desempenho para próxima partida pela competição nacional

Três jogos, três decisões e uma única certeza no Treze: o time precisa melhorar se quiser se manter na Série C do Campeonato Brasileiro em 2020. De acordo com o treinador alvinegro, Kleber Romero, vários dos erros que foram vistos na partida contra o Sampaio Corrêa, em que o Galo saiu derrotado por 2 a 0, precisam ser corrigidos o quanto antes, já que a equipe já volta a campo no domingo, para encarar o Ferroviário em Campina Grande.

- A gente precisa melhorar. Tivemos erros graves, que acabaram gerando os dois gols do Sampaio e isso foi fruto de uma desorganização da nossa equipe. Temos agora uma semana para trabalhar, para corrigir tudo que fizemos de errado nessa partida porque temos o Ferroviário na próxima rodada, é um jogo muito difícil e que a gente precisa muito da vitória - comentou o treinador alvinegro.

Kleber Romero disse que o Treze precisa melhorar — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

Com o revés no Maranhão, o Alvinegro segue na zona de rebaixamento do Grupo A da Série C, com 12 pontos conquistados.O Treze pode, inclusive, voltar à lanterna da chave, caso o ABC vença seu confronto contra o Ferroviário, marcado para esta segunda-feira, no Ceará. Além disso, o Galo pode ver sua distância para Globo FC, primeiro time fora da zona da degola, aumentar de um para quatro pontos. A equipe potiguar encara o Náutico, no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim.

A próxima partida do Treze está marcada para domingo da semana que vem, em casa, contra o Ferroviário. Inicialmente, a partida está marcada para o Estádio Amigão, mas pode ser transferida para o Presidente Vargas caso a diretoria trezeana faça a solicitação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Galo foi derrotado por 2 a 0 pelo Sampaio Corrêa — Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.