Sérgio Meira revela divisão no Botafogo-PB sobre permanência de Piza e admite queda do time

Presidente do clube fez também uma breve análise da temporada da equipe e explicou que a diretoria ainda vai se reunir nesta semana para definir alguns rumos do time

Foto:Cisco Nobre/GloboEsporte.com

O presidente do Botafogo-PB, Sérgio Meira, não tardou a dar o seu primeiro pronunciamento após a eliminação do time ainda na primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. O dirigente revelou que ainda vai haver uma reunião nesta semana com a diretoria para algumas coisas começarem a ser definidas. Mas o mandatário botafoguense já falou sobre o técnico Evaristo Piza. Segundo Sérgio, há no momento uma divisão na cúpula sobre a permanência ou não do técnico para a próxima temporada.

- A diretoria é composta por vários diretores, como o nome já diz: diretoria. Então, assim, alguns querem a permanência, outros não, mas nós vamos discutir isso em grupo e será feito o que a maioria decidir. A gente vai discutir nomes também, mas a princípio ainda não tem nada definido a respeito da permanência ou não do Piza - comentou.

Situação de Piza ainda vai ser debatida pela cúpula alvinegra — Foto: Raniery Soares / CBN

O tom é bem diferente daquele que foi adotado em julho, quando a equipe atravessou o seu pior momento na terceira divisão, com várias rodadas sem vencer. Ali, o presidente falou que o técnico iria ser mantido para toda a Série C e que a ideia era contar com o treinador para a próxima temporada.

A equipe, aliás, que foi também alvo de reflexão do mandatário botafoguense. Após a eliminação, o dirigente reconheceu que o time caiu de rendimento em relação ao primeiro semestre, em que o grupo alcançou o tricampeonato estadual e o vice-campeonato do Nordeste, e que isso comprometeu a classificação do Belo para o mata-mata da Série C.

- Começamos muito bem o ano. E tivemos um início bom na Série C. Mas infelizmente não conseguimos um dos objetivos, que era o acesso. Tivemos um período de baixa na Série C. Tivemos tempo para recuperar, mas a equipe não respondeu dentro de campo. A parte da diretoria foi toda cumprida, toda feita. Mas infelizmente não conseguimos ficar no G-4 - avaliou Sérgio Meira.

Sobre o elenco, alguns jogadores que têm contratos mais longos devem ser emprestados, a exemplo de Clayton, que acaba a temporada como o melhor jogador do time no ano, com 14 gols e seis assistências, além de boas apresentações na temporada. Sobre renovações e reforços, Sérgio Meira disse que a partir de quarta-feira, quando a diretoria irá se reunir, novidades podem surgir.

Dirigente admitiu que a equipe caiu de rendimento na Série C — Foto: Paulo Cavalcanti / Botafogo-PB

- Nós estamos com uma reunião programada para esta semana. Possivelmente na quarta-feira. Já estamos fazendo alguns contatos iniciais, mas só a partir da quarta-feira à noite ou quinta-feira que a gente vai estar divulgando pessoas que continuarão no grupo e outras que vão estar se desligando do clube. E até, quem sabe, já divulgar alguma contratação - disse.

Com 25 pontos, o Botafogo-PB terminou a Série C do Campeonato Brasileiro na sexta posição do Grupo A. O time deu adeus ao torneio no último sábado, quando empatou com o Treze por 2 a 2 no Estádio Amigão.

Leia mais notícias em: almiresportes
Nossas redes sociais, sigam: Facebook, Twitter
Nossos grupos do whatsapp: 01, 02

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.