Palmeiras permanecerá em Buenos Aires após mais de 10 horas dentro de avião

Felipão durante partida Palmeiras e Avaí pelo Campeonato BrasileiroImagem: Amanda Perobelli/Reuters

A delegação do Palmeiras passará o domingo (21) em Buenos Aires, capital da Argentina, após o problema com o voo que levaria o time a Mendoza. Os fortes ventos e a dificuldade em pousar foram determinantes para que a equipe não tentasse voar novamente. O Palmeiras viajou na madrugada de ontem para Mendoza. Os fortes ventos, contudo, fizeram com que o piloto da aeronave arremetesse duas vezes e mudasse a rota para Rosário. Depois, o trajeto foi alterado mais uma vez, tendo que ir para Buenos Aires para reabastecimento

A delegação ficou mais de 10 horas dentro da aeronave antes da definição de que passariam o domingo em Buenos Aires. Uma nova viagem para Mendoza levaria 1 hora e 40 minutos, sem a certeza de que conseguiriam pousar no aeroporto local. A decisão de permanecer em Buenos Aires permitirá que os jogadores que enfrentaram o Ceará possam descansar. Na tarde deste domingo, o clube confirmou os problemas durante o voo, mas disse que o elenco e funcionários estão fora de perigo
Em nota oficial, a GOL anunciou que o voo para Mendoza será realizado hoje (22). O horário será definido pela delegação do Palmeiras. Por causa do episódio, quase todos os membros da delegação palmeirense passaram mal e alguns chegaram a vomitar dentro da aeronave na primeira tentativa de pousar em Mendoza. O clube estava em um voo fretado da GOL, que saiu de Fortaleza por volta das 0h, do Sábado, a equipe alviverde foi derrotada por 2 a 0 pelo Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. O Palmeiras está na Argentina para enfrentar o Godoy Cruz pelas oitavas de final da Libertadores. O duelo está marcado para as 21h30 (de Brasília) desta terça-feira

Fonte: esporte.uol

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.