STJD pune e Esporte de Patos é rebaixado no Paraibano

Foto: Divulgação/ Esporte Clube de Patos

Na tarde desta sexta-feira (12), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que realiza intervenção no TJDF-PB, julgou a ação proposta pelo CSP que pedia punição do Esporte de Patos pela escalação do meia-atacante Caaporã na última rodada do Campeonato Paraibano, contra o Nacional, quando o Patinho perdeu por 3 a 1.

Acontece que o jogador havia sido expulso na quarta rodada do estadual ao marcar um gol contra o Serrano e fazer gestos obscenos para a própria torcida. Caaporã cumpriu suspensão automática e, logo depois, se lesionou, ficando de fora de algumas partidas.

Pelo cartão vermelho, o jogador foi julgado no dia 21 de março e pegou dois jogos de gancho. Como já havia desfalcado o clube por lesão, o alvirrubro patoense entendeu que ele já havia cumprido o gancho. Porém, a pena deveria ser paga apenas após o julgamento, que era justamente no dérbi de Patos.

No julgamento desta tarde, o Esporte de Patos foi punido com a perda de 3 pontos, por descumprir o artigo 214 do Código Brasileira de Justiça Desportiva, que versa sobre escalação irregular de atletas.

Com isso, o time sertanejo fica com 7 pontos na tabela do Grupo B, contra 8 do CSP. Desta forma, o clube fica rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Paraibano.

Por se tratar de primeira instância, o clube patoense ainda deve recorrer. E mais uma vez o estadual da Paraíba será decidido nos tribunais.

Fonte: vozdatorcida

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.