FPF reestrutura quadro paraibano de arbitragem na CBF; um paulista e dois paraibanos estreiam

Após escândalos de corrupção no futebol paraibano e o consequente banimento de árbitros do futebol, FPF teve que indicar novos nomes para o quadro nacional

Pouco mais de cinco meses após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) banir nove árbitros e auxiliares paraibanos do futebol, a atual Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol da Paraíba (Ceaf-PB) reestruturou definitivamente o seu quadro estadual que faz parte da CBF. Os árbitros centrais paraibanos Thiago Ramos e Thiago Galdino vão estrear neste ano com o escudo CBF. O mesmo vale para o paulista Rodrigo Batista, que está federado na Paraíba desde início do ano e foi eleito pelos profissionais da Rede Paraíba de Comunicação como o melhor árbitro do Paraibano deste ano. Wager Reway, da Fifa, também integra o quadro paraibano.

Thiago Galdino é uma das apostas de Arthur Alves — Foto: Pedro Alves / GloboEsporte.com

Os três são as maiores apostas do presidente da Ceaf-PB, Arthur Alves, na renovação que o dirigente tenta implantar na arbitragem paraibana.

A principal ausência fica por conta de Renan Roberto, que era o principal árbitro do estado até 2018, mas que não integra mais os quadros da Paraíba e da CBF. Nas investigações da Operação Cartola, a Polícia Civil acusou o árbitro de integrar um esquema de manipulação de resultados.

Renan Roberto está fora do quadro da CBF — Foto: Pedro Alves/GloboEsporte.com

O Ministério Público, no entanto, não encontrou indícios suficientes sobre a atuação do árbitro no suposto esquema e não ofereceu nenhuma denúncia ao juiz. Mesmo assim, o árbitro não foi reintegrado ao quadro de arbitragem depois disso.

Por outro lado, alguns dos delatores que deram início à Operação Cartola seguem no quadro da CBF. Os auxiliares Kildenn Tadeu e Oberto Santos já voltaram a bandeirar e continuam no quadro nacional. Os dois foram alguns dos integrantes da arbitragem que denunciaram o esquema de manipulação de resultados no futebol paraibano.

No futebol feminino, a única árbitra central do quadro da Paraíba na lista da CBF segue sendo Ruthyanna Camila. Já Flávia Renally e Adriana Basílio são as bandeiras paraibanas do quadro nacional.

Ruthyanna Camila e Flávia Renally permanecem no quadro nacional para jogos do futebol feminino — Foto: Ramon Smith / Perilima

Confira a nova lista dos árbitros e assistentes da CBF:

ÁRBITROS

- Wagner Reway (Fifa)

- Marcelo Aparecido Ribeiro de Silva

- Rodrigo Batista da Silva

- Clizaldo Luiz Maroja

- Tiago Ramos de Oliveira

- Thiago Galdino Cavalcanti

- Ruthyanna Camila (Feminino)

ASSISTENTES

- Oberto da Silva Santos

- Schumacher Marques

- Kilden Tadeu

- Tomaz Diniz

- Márcio Freire

- Luiz Filipe

- Ruan Neres

- Paulo Ricardo

- Adriana Basílio (Feminino)

- Flavia Renally Feminino (Feminino)

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.