Ederson Araújo reclama de exame antidoping pedido por Diá para as semifinais: “Uma falta de respeito”

Foto: Yasmin Sobrinho/ Voz da Torcida

A solicitação de realização de exame antidoping, por parte do Campinense, para as duas partidas das semifinais do Campeonato Paraibano 2019, parece ter incomodado a comissão técnica do Atlético de Cajazeiras.

O pedido rubro-negro foi protocolado na semana passada e deferido pela Federação Paraibana de Futebol (FPF) na última segunda-feira.

As duas equipes se enfrentam, conforme a tabela da FPF, nos dois próximos domingos, dias 31 de março e 7 de abril. A partida de ida acontece no Amigão, enquanto a decisão está marcada para o Perpetão, em Cajazeiras.

Em entrevista à TV Diário do Sertão, nesta sexta (29), o treinador do Trovão, Ederson Araújo, considerou que, na verdade, o pedido de realização de exame antidoping partiu do técnico do Campinense, Francisco Diá.

O comandante atleticano disse que se tratava de “uma falta de respeito” e, em tom provocativo, avisou que está preparando uma espécie de “cartilha” para entregar ao treinador raposeiro.

– Isso é coisa do Diá. E nós estamos montando nosso cronograma de trabalho para entregar a eles. Nós estamos fazendo um caderninho para mostrar como estamos trabalhando aqui, para o Diá poder ler um pouquinho, se atualizar mais um pouquinho sobre futebol. Isso que ele fez é uma falta de respeito com a gente. Ele acha que desse lado aqui, porque nós estamos no Sertão, nós não sabemos trabalhar. Ele está enganado. Somos uma comissão jovem, com objetivo e que está demonstrando dentro de campo. É um incômodo para ele, que está querendo tirar o nosso foco – desabafou Ederson Araújo.

Fonte: vozdatorcida

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.