Clayton avalia vantagem de jogar pelo empate na Copa do Brasil: "Temos que atacar"

Botafogo-PB encara o Operário-MS, no Estádio Morenão, nesta quarta-feira

O meia Clayton não quer saber de o Botafogo-PB colocar o regulamento da Copa do Brasil debaixo do braço para buscar a classificação, diante do Operário-MS, para a próxima fase da competição. Atuando fora de casa nesta primeira fase, o Belo joga pelo empate para seguir no torneio, porque é melhor ranqueado do que o adversário.

Mesmo atuando no Estádio Morenão, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o meia quer que a equipe paraibana mantenha seu estilo de jogo ofensivo.

- A gente tem que manter a mesma postura de quando joga em casa. Manter o nosso bom futebol. Temos que atacar e se defender muito bem. Então eu acho que a gente vai manter nossa postura, independente do jeito que o adversário joga - comentou o meia.

Clayton tem 3 gols na temporada — Foto: Paulo Cavalcanti/Botafogo-PB

O jogador falou ainda da importância da classificação em termos financeiros. Quem passar de fase vai embolsar mais R$ 625 mil, valor referente à cota da segunda fase da Copa do Brasil.

- A gente sabe que esse valor é importante para o restante do ano para ajudar o clube e também para nós, visibilidade do clube. É importante passar de fase para pegar clubes grandes - disse.

O vencedor desse confronto vai encarar quem avançar de fase no duelo entre Sport e Tombense-MG. O jogo entre Botafogo-PB e Operário-MS acontece nesta quarta-feira, no Estádio Morenão, em Campo Grande, a partir das 20h30 no horário da Paraíba.

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.