Flamengo não se dá por satisfeito com Gabigol e Arrascaeta, define carências e busca mais 3 reforços

Rubro-Negro quer um lateral-direito, um zagueiro e um atacante de lado para fechar elenco

Gabigol, Arrascaeta e contando. Depois de chegar a três reforços de peso para 2019 - com Rodrigo Caio -, o Flamengo não tira o pé do acelerador no mercado e tem objetivos definidos: um lateral-direito, mais um zagueiro e um atacante de lado de campo.

Dedé e Bruno Henrique são alvos, mas o Rubro-Negro adota posturas diferentes nas negociações. Com o Santos, há maior otimismo, enquanto a conversa com o Cruzeiro está em ritmo lento e passar por terceiros.

Gabriel fica no Flamengo até o fim de 2019 — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Depois de todo imbróglio pela contratação de Arrascaeta, o Flamengo não fará um novo cabo de guerra com o Cruzeiro e deixa a missão para investidores que detêm parte do zagueiro. O Rubro-Negro já expôs sua disponibilidade de investimento e aguarda que o grupo convença os mineiros da transação, mas sem forçar a barra.

O sentimento, porém, é de que só a manifestação do próprio Dedé ou de seus representantes faria com que o clube flexibilizasse.Enquanto isso, o Flamengo intensifica a busca de alternativas, uma delas é o jovem Léo Pereira, do Atlético-PR.

Já Bruno Henrique é o escolhido de Abel Braga para suprir a carência do lado do campo com as saídas de Geuvânio e Marlos Moreno. O Flamengo já ofereceu cerca de R$ 22 milhões e o empréstimo de um jogador ao Santos, que faz jogo duro.

Os rubro-negros garantem nos bastidores que não vão aumentar a proposta e confiam no desejo do jogador. Uma reunião aconteceria na última segunda-feira, mas foi adiada pelo presidente José Carlos Peres.

Flamengo ainda não desistiu de Bruno Henrique — Foto: GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Inicialmente, especulou-se a possibilidade de Jean Lucas ser envolvido na transação, o que foi descartado pelo agente do jogador. Os planos, em caso de saída da Gávea, envolvem o futebol europeu. Recentemente, o Flamengo recusou uma proposta de empréstimo do Valencia, por 200 mil euros.

A situação mais delicada no mercado é a lateral direita. A diretoria ainda não tem um nome de consenso, apesar de já ter identificado a carência. Enquanto isso, Pará, Rodinei e Klebinho são as opções de Abel Braga.

Nesta janela, Cruzeiro e Internacional buscaram Rodinei, mas o treinador rubro-negro vetou a saída e as conversas não tiveram andamento.

O Flamengo chegou a fazer uma consulta por Rafinha, em reta final de contrato com o Bayern. O lateral, no entanto, só estará livre em junho e os valores apresentados inicialmente foram considerados altos.

Com o cofre sem fundo e feroz no mercado, o Flamengo segue em busca de reforços. Com gelo no sangue, como declarou no Twitter o vice de futebol, Marcos Braz, após os desfechos positivos de Gabigol e Arrascaeta.

Fonte: Ge

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.