Diá cita desconfiança da torcida, mas vê o Campinense na rota certa para a classificação

Treinador se animou com a vitória sobre o Serrano-PB, mas desfalques ainda preocupam comissão técnica, que vê no clássico contra o Botafogo-PB a chance de um grande passo

Foi a vitória mais sossegada do Campinense na temporada. Sem sustos, o time passou fácil pelo Serrano, por 3 a 0, e assumiu a liderança do Grupo B do Campeonato Paraibano, com 7 pontos somados. Dentro de campo, a desenvoltura do time rubro-negro deixou Francisco Diá satisfeito. Porém, o treinador está ciente de que a sua equipe ainda precisa de reparos, mas ele vê a Raposa precisando contrariar a descrença até dos próprios torcedores para almejar grandes feitos na temporada.

Diá tem convivido com lesões constantes dos atletas do Campinense — Foto: Silas Batista/GloboEsporte.com

Inclusive, Diá ressaltou a importância de uma eventual vitória no Clássico Emoção desta quarta-feira, partida que abre a quarta rodada do estadual. Para o treinador, se o Rubro-Negro vencer o Botafogo-PB, a classificação para as semifinais vai estar próxima de ser selada. Isso mesmo com um outro turno ainda a ser disputado.

- É uma equipe que ninguém acredita, até o próprio torcedor está desconfiado. Tivemos um índice muito grande de lesões. Isso dificultou. Esse time, com todo mundo à disposição, vai dar trabalho. Está crescendo paulatinamente. Temos mais uma batalha na quarta-feira. Se conseguirmos o resultado positivo, eu acredito que a gente sele a nossa classificação. Isso é muito importante - disse Diá.

A desconfiança da torcida se fundamenta desde a pré-temporada, quando a equipe começou a série de amistosos perdendo para o Treze, seu arquirrival. Desse revés, passando pelas seguidas lesões de jogadores importantes para o primeiro semestre da Raposa, se afunila ainda mais a incerteza acerca das atuações, mesmo nos bons resultados.

O Campinense pode ter surpresas para o clássico contra o Botafogo-PB. O atacante Chaveirinho vem evoluindo da lesão sofrida na coxa esquerda, contra o Nacional de Patos, e tem animado o departamento médico para uma pronta volta ao time. O lateral-esquerdo James e o meia Alisson Xabala, com lesões musculares, permanecem fora de combate. Este último, com volta prevista para a quinta rodada, no Clássico dos Maiorais.

Sobre o triunfo diante do Lobo da Serra, Diá não poupou méritos ao Campinense. Com a volta de Lopeu, que marcou um dos gols da vitória, o treinador viu seu time dominar o adversário e livre de alarmes durante os 90 minutos.

- Não restam dúvidas da vitória. O Campinense foi superior nos dois tempos. Começamos com uma marcação alta, marcando sob pressão. A volta do Lopeu foi importante. O Romeu entrou muito bem, chegando na frente, como eu queria. Depois do 2 a 0, a equipe deu uma relaxada. Dei um puxão de orelha, no vestiário, e a equipe criou bastante no segundo tempo. A equipe se comportou muito bem. Conseguimos dar um passo muito importante em busca da classificação - analisou o treinador.

A vitória ante o Serrano foi a segunda do Campinense no Campeonato Paraibano. — Foto: Samy Oliveira/Campinense

O próximo desafio da Raposa será o Clássico Emoção. Pela quarta rodada do Campeonato Paraibano, o Rubro-Negro receberá o Botafogo-PB na quarta-feira, no Estádio Amigão, às 20h30.

Fonte: globoesporte

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.