Atlético-PR finaliza o dobro e conta com artilharia aérea para bater o Corinthians na Baixada


Léo Pereira garante a vitória sobre o Corinthians, e Atlético-PR torna-se o segundo time com mais gols de cabeça no Brasileirão; 1 a 0 mantém o sonho do G-6 vivo

Foto:Albari Rosa/Gazeta do Povo

O Atlético-PR controlou as ações no segundo tempo, finalizou o dobro do Corinthians e contou com a artilharia aérea para vencer por 1 a 0 na Arena da Baixada. O zagueiro Léo Pereira cabeceou firme para marcar o único gol na noite de quarta-feira e manter o sonho do G-6 vivo.

O Atlético-PR chegou aos 13 gols de cabeça no Campeonato Brasileiro. O Furacão empata com o Flamengo e só fica atrás do Palmeiras (14 gols) no quesito. O gol saiu aos seis minutos do segundo tempo. Raphael Veiga cobrou o escanteio da esquerda, e Léo Pereira cabeceou no canto.

- A gente treina muito bola parada, muito mesmo. Temos uma variedade grande e bons batedores. É um quesito que, universalmente, define jogos. Temos especialistas não só nas batidas, mas na área também - falou o técnico Tiago Nunes em entrevista coletiva.

Escalação do Atlético-PR contra o Corinthians — Foto: GloboEsporte.com

O Atlético-PR deu outras 17 finalizações durante o jogo - o Corinthians terminou com apenas oito. Só Nikão arriscou sete. Pablo (três), Raphael Veiga (três), Léo Pereira, Thiago Heleno, Renan Lodi e Wellington (uma vez cada) também ameaçaram o gol corinthiano.

E o Atlético-PR mostrou versatilidade na frente. O time de Tiago Nunes finalizou quatro vezes pela direita, quatro pela esquerda e mais 10 pelo meio. Além disso, o Furacão arriscou seis finalizações de dentro da área e outras 12 de fora. Cássio precisou fazer quatro defesas difíceis.

- Demoramos para encaixar nosso jogo. No primeiro tempo, fomos lentos. Mas a gente teve um número alto de finalizações, poderíamos ter tido uma situação mais tranquila no placar. No segundo tempo, nossa postura foi muito boa - completou o treinador.

Com essa vitória, o Atlético-PR segue vivo na briga por uma vaga no G-6 do Brasileirão. O Furacão é o sétimo colocado, com 53 pontos. O Atlético-MG, que fecha o G-6, tem 56. Nas próximas rodadas, o Atlético-PR enfrenta Ceará e Flamengo, e o Galo joga contra Santos e Botafogo.

O jogo do Atlético-PR contra o Ceará, pela 37ª rodada do Brasileirão, está marcado para 17h de domingo, mais uma vez na Arena da Baixada.

Como enfrenta o Fluminense na quarta que vem, pela semifinal da Copa Sul-Americana, Tiago Nunes deve poupar os titulares e escalar um time completamente reserva. O técnico comentou sobre a estratégia para o próximo desafio - ele terá apenas três dias para treinar.

- Vamos esperar e avaliar a recuperação dos atletas. Não é poupar para o jogo contra o Fluminense, vamos entender quem vai estar inteiro para o jogo do Ceará. Vamos avaliar quem vai estar em melhores condições para tentar vencer o Ceará - completou o comandante rubro-negro.

globoesporte.globo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.