Barcelona quer criar time na liga de futebol feminino dos Estados Unidos


Dirigente do clube revelou que existem conversas para saber se será possível contar com uma franquia em solo americano

O Barcelona disputa o Campeonato Espanhol de futebol feminino — Foto: Divulgação/Barcelona

O Barcelona conversa para ter uma franquia na American National Women's Soccer League (NWSL), a liga de futebol feminino dos Estados Unidos, a partir do ano que vem, afirmou o diretor de inovação e planejamento estratégico do clube, Javier Sobrino, nesta terça-feira, durante uma coletiva de imprensa no Catar.

- Estamos planejando abrir uma franquia nos Estados Unidos, uma franquia do Barcelona na American League. Agora estamos conversando sobre isso para ver se é possível ou não. Seria algo imediato. A próxima temporada é nosso objetivo, se não essa, a seguinte- afirmou Javier Sobrino.

Sobrino explicou que a franquia se chamaria Barcelona. A equipe poderia sediar seus jogos em Los Angeles.

O futebol feminino não é novidade para o clube catalão, que conta com uma equipe no Campeonato Espanhol da modalidade.

A NWSL é a maior liga de futebol feminino do mundo. Mais de 650.000 torcedores compareceram aos jogos do campeonato na temporada passada, que terminou há um mês.Nove equipes fazem parte da liga atualmente, e o Barcelona seria a primeira de fora dos Estados Unidos.

O interesse do Barcelona por se estabelecer nos Estados Unidos reflete também o grande crescimento do futebol feminino. A Fifa afirmou no ano passado que é na modalidade que se encontra a maior oportunidade de crescimento do esporte no mundo, algo que poderia ser impulsionado com a Copa do Mundo da França de 2019.

globoesporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.